terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

"Quadro solidão "



"Quadro solidão "


Minha dor num só verso silencia
Na rima triste que decora meu coração
Põe-se em luto meu sorriso é nostalgia
Lagrimas percorrem o meu rosto solidão


Calo tudo que há em mim a dor é tanta!
Escondida na garganta só queria fugir!
Quando a dor sangra o corpo sente a alma chora
Oh!Crepúsculo sem hora não me deixe padecer aqui!


Tudo sinto... nada falo,palpita meu coração!
Num corpo inerte como obra de um santuário
Suplico em prece muda dentro da minha solidão!
Sombrio, rimas e versos fenecem nesse vazio.


Em quadro solto decorado ao pó
Olham-me com dó,
Trago tristeza em minha expressão.



By Alessandra Monteiro
05 de Outubro de 2008
Todos os direitos reservados.
Sweet_lilithh@hotmail.com





3 comentários:

NÉLIO.NEÉLIO disse...

Esse texto me fez refletir sobre a soliTariedade humana.
Sobre o momento que mesmo por tantos, o quadro invisível não é enxergado por muitos.

Beijo. voltarei

NÉLIO.NEÉLIO disse...

Esse texto me fez refletir sobre a soliTariedade humana.
Sobre o momento que mesmo rodeados por tantos, o quadro invisível da solidão não é enxergado por muitos.

Moh_ disse...

Adorei... E de alguma forma, me indentifiquei com várias coisas que entendi lendo seus versos..
São maravilhosos, mais uma vez, parabéns.